domingo, 16 de março de 2014

SÓ O AMOR

Tem batalha que a gente luta, e ninguém sabe.
Tem dor que lateja de vez em quando, e ignoramos.
Tem palavra que machuca e apenas sorrimos.
Tem lágrima que implora pra sair, e desabafo que grita nos olhos.
Tem lembrança que machuca a mente, e finca como espinho no coração.
Tem coisas que machucam mais do que o primeiro tombo de bicicleta.
E no meio disso tudo, a gente só quer que alguém leia-nos, pelas entrelinhas, nos embale no peito, e sussurre que tudo vá ficar bem, ainda que tudo diga que não.
Porque só o amor cura as feridas da alma.