sexta-feira, 11 de abril de 2014

DIFÍCIL

Difícil é perceber e ver o sol nascer, mais uma vez eu acordar e não poder te ver
Palavras, desencontros, pessoas, nem te conto, nos impedindo de crescer.
Tão depressa conversar de tudo arrepender, o aperto que dá neste triste coração
Acender os bons momentos, voltar a viver, quero de novo todo dia e não aceito não
Quero você de volta, meu bem seu beijo me faz falta, vem, meu peito chega à dor de lembrar, que agora pode estar em outro lugar.

Mais uma vez eu quero te ver, pra te falar como é ruim perder. Pensamentos vão ao longe pro além.
Na certeza que igual você não tem
.